Cocada baiana

Final de ano, ceia, promessa, uvas, pulinhos.

Minha humilde contribuição é um doce tradicional brasileiro: a cocada.

Apenas três ingredientes, um pouquinho de cuidado e tu vai ter essa maravilha na mesa para os teus e aproveitando a chegada de 2016, um carinho pra Oxalá. Espia que é tranquilo.

Ingredientes:

  1. 400g coco fresco ralado;
  2. 500ml água;
  3. 800g de açúcar.

Com tu faz:
Em uma panela, misture a água e o açúcar ainda frios e após aqueça em fogo brando.
Mexa poucas vezes, de leve. Se tu tens o pincel. vai limpando as bordas para evitar a formação de cristais de açúcar.
Quando atingir o ponto de fio (108 C) acrescente o coco ralado. Não tem termômetro? Ponto de fio é quando ao pegar a calda com uma colher tu verte e forma um fio.
Misture e deixe continuar o cozimento, sempre em fogo brando.
Assim que a cocada engrossar (ela fica com aspecto grudento), deixe em fogo baixo, e vá de colheradas colocando delicadamente sobre uma superfície lisa, forrada com papel manteiga ou untada com óleo.

Não usa óleo de soja porque pode interferir no sabor. Canola ou até mesmo uma margarina servem.

Palavra-chave: Cautela

Este é o momento de moldar delicadamente as cocadas, tomando cuidado para não quebrá-las.

Espera esfriar  e está a verdadeira cocada baiana.

Mantenha em pote hermético por até 3 dias ou enquanto durar o estoque.

Um Feliz Ano Novo!

cocada-baiana